Termina rebelião em Mogi das Cruzes

Terminou nesta madrugada, por volta das 03h00, a rebelião dos 370 presos da Cadeia Pública de Mogi das Cruzes, município da Grande São Paulo. O motim começou por volta da 0h15, quando um grupo de 40 presos tentou fugir pela porta principal da carceragem, que dá acesso ao Distrito Policial. Agentes do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA) realizam uma operação pente-fino, à procura de armas nas 11 celas da Cadeia e apreenderam uma pistola 380 e um revólver calibre 38, utilizados pelos detentos.O corpo do preso autor dos disparos que atingiram de raspão um perito e um carcereiro foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) da região. O detento, cujo nome ainda não foi revelado, morreu durante tiroteio com os policiais, que foram recebidos a tiros no momento em que um grupo de presos tentou fugir de uma das celas.?Ainda não sabemos como essas armas entraram na carceragem. Agora, as investigações ficarão a cargo da delegacia Seccional.", afirmou Eduardo Peretti, delegado do GARRA de Mogi das Cruzes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.