Termina rebelião na Febem de Franco de Rocha

Terminou às 20h30 desta quinta-feira a rebelião de internos da unidade 25 da Fundação doBem-estar do Menor (Febem) de Franco da Rocha, na Grande São Paulo. Os sete funcionários que eram mantidos reféns foram libertados.Segundo a assessoria de imprensa da instituição, o oitavo monitor, que também era mantido refém, foi agredido com um cadeirada na cabeça. Ele foi liberado pelos internos no início do motim eprecisou ser encaminhado ao Pronto-socorro da cidade, onde levou oito pontos na cabeça.Quarenta e dois internos participaram da rebelião, que começou por volta das 17 horas. Segundo a assessoria de imprensa da Febem, o motivo teria sido o não cumprimento do prolongamento de horário de permanecêndia no pátio da instituição, reivindicação feita pelos internos no sábado e que a direção teria prometido colocar em prática. Não houve destruição da unidade e não há informações sobre outros feridos, de acordo coma instituição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.