Termina rebelião na Febem de Ribeirão Preto

Terminou por volta das 16 horas a rebelião de internos da Fundação Estadual para o Bem-Estar do Menor (Febem) de Ribeirão Preto. Segundo informações da assessoria de imprensa da instituição, o motim foi controlado após negociação entre o juiz Guaci Sibille e o promotor da Área da Infância e Juventude, Marcelo Goulart, com um grupo de adolescentes. Um funcionário e um interno ficaram feridos. A rebelião começou por volta das 10 horas. Sete funcionários foram mantidos reféns. Dois deles foram liberados no início domotim. Os internos reivindicavam visitas das namoradas todos os domingos e a autorização para aumentar quantidade de objetose alimentos trazidos pela família. De acordo com a Febem, durante o tumulto um adolescente se feriu ao cair de uma escada de seis metros e um funcionário semachucou ao pular de um telhado para fugir do local. A unidade Ribeirão Preto, que abriga 89 internos, mas tem capacidade para 120, será desativada ao meio-dia deste sábadopelo governo estadual. Os adolescentes serão transferidos para uma nova unidade localizada no próprio município.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.