Termina rebelião na Febem em São Paulo

A rebelião na Unidade de Internação 15 da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem), em São Paulo, terminou por volta das 13h, quando os menores libertaram três funcionários mantidos como reféns. Segundo a assessoria de imprensa da entidade, a Polícia Militar foi chamada mas não interveio porque funcionários e diretores negociaram pessoalmente com os rebelados e conseguiram a liberação dos reféns.Ninguém foi ferido. O tumulto que ocorreu na unidade vizinha, a de número 2, também cessou com o fim da rebelião. Os internos, que chegaram a atear fogo em colchões, exigiam a compra de cigarros e de mais material de higiene pessoal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.