Termina sequestro de criança mantida refém pelo pai em Corumbá (MS)

Armado com uma pistola, 'Alemão', negociou por mais de 11 horas com PMs que cercaram a residência; tudo começou quando pai do menino foi até a casa e insistiu em levar o filho, tendo início a discussão

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

13 de maio de 2011 | 04h41

SÃO PAULO - Terminou, por volta das 3h15 (2h15 horário local) desta madrugada de sexta-feira, 13, o drama de uma mãe, cujo filho, de apenas 2 anos, era mantido refém pelo pai desde as 16h30 desta quinta-feira, 12, na cidade de Corumbá (MS), no oeste sul-mato-grossense, a 430 quilômetros de Campo Grande. Todos saíram ilesos segundo a polícia.

 

Armado com uma pistola, o pai, conhecido como "Alemão", de 31 anos, ex-presidiário, negociou por mais de 11 horas com policiais militares, que cercaram residência, localizada na esquina da rua Paraná com a rua Ciríaco de Toledo, no bairro Popular Nova. A mulher, de 36 anos, mãe da criança e ex-esposa de Alemão, também ficou refém do acusado, que a liberou durante as negociações.

 

Tudo começou quando o pai do menino foi até a casa e insistiu em levar o filho, tendo início a discussão.

 

A casa, murada e com grades, dificultou a comunicação entre os policiais e o pai do menino. Viaturas dos 3º Grupamento dos Bombeiros e do SAMU também estiveram de prontidão no local. O caso foi encaminhado ao 1º Distrito Policial da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.