Termina seqüestro de mãe e filha no ABC

Policiais da Divisão Anti-Sequestro (DAS) estouraram um cativeiro, libertaram uma mulher e prenderam uma dupla de seqüestradores, em São Bernardo do Campo, no grande ABC paulista, na noite de ontem. A vítima foi seqüestrada na quinta-feira da semana passada, na porta de casa, no Jabaquara, zona Sul da capital, juntamente com a filha, de 7 anos, deficiente física. Inicialmente, os seqüestradores exigiram R$ 500 mil para libertar mãe e filha, mas o valor foi reduzido durante as negociações. No entanto, a menina, deficiente, começou a se tornar um problema para os seqüestradores. Além de não andar, ela é obrigada a carregar sempre consigo uma bolsa de colostomia. Na tarde de ontem, os bandidos decidiram libertá-la e a dexaram na rua, a duas quadras de sua casa, onde foi recolhida por um morador local. No final da noite de ontem, policiais da Divisão Anti-Seqüestro localizaram o cativeiro, em São Bernardo do Campo, no ABC. A mãe da menina, esposa de um microempresário do Jabaquara foi libertada, sem ferimentos. Foram presos os seqüestradores Francisco Roberto de Souza e Charles do Nascimento Souza, de 23 anos, que tomavam conta da vítima. O restante da quadrilha não foi encontrado.

Agencia Estado,

16 de abril de 2002 | 08h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.