Terminal inteligente é inaugurado em SP

A prefeita Marta Suplicy e o secretário municipal dos Transportes, Carlos Zarattini, inauguraram na manhã de ontem a Central de Operações do Terminal Santo Amaro, que faz parte do Programa de Modernização dos Terminais Urbanos de São Paulo. O sistema inteligente controla eletronicamente a movimentação dos ônibus entre os terminais Santo Amaro e Bandeira. O trecho tem 14,8 km de extensão e é um dos mais movimentados da cidade. A secretaria espera que a velocidade média dos ônibus aumente de 7 para 19 km por hora. "Esta é a primeira vez que o transporte público na cidade é realmente reformulado", afirmou a prefeita. O secretário disse que pretende estender o sistema para outras linhas que passam pelos terminais Santo Amaro e Bandeira. "É um projeto novo e queremos ampliá-lo para outras linhas. Até 2004 acreditamos que a maioria dos terminais de ônibus da cidade estarão integrados com esse sistema", disse o secretário. Na primeira fase, 90 ônibus que operam em duas linhas do corredor Santo Amaro/Nove de Julho receberam um sistema de radiocomunicação e aparelhos GPS que permitem o monitoramento do percurso por satélite. Depois de conhecer o centro de operações do terminal, a prefeita e o secretário foram em um dos ônibus equipados com GPS e rádio até a Parada dos Eucaliptos, que fica próximo ao Viaduto Santo Amaro. O local, um dos pontos mais críticos do corredor, também foi reformulado. A prefeita também conheceu um dos 30 microônibus que serão entregues até o final do mês, para incentivar os motoristas a deixarem os carros em casa. O veículo, que tem ar condicionado e cinto de segurança, terá tarifa de R$ 3. A São Paulo Transportes (SPTrans) gastou R$ 2,6 milhões para a implantação do sistema inteligente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.