Terminam dois seqüestros na região de Campinas (SP)

Terminaram dois seqüestros na região de Campinas, neste final de semana. O filho de 9 anos do empresário Devanir Ragazze foi libertado na madrugada de hoje, depois de ficar no cativeiro por 37 dias. Foi o 23º seqüestro registrado na região este ano. A outra vítima, Elizabete Perine Bordenalli, esposa de um dono de supermercado de Indaiatuba, foi solta ontem, depois de ter ficado 11 dias em poder dos seqüestradores. Nos dois casos foram pago resgate; o valor não foi divulgado. Até as 16h, a polícia não havia prendido ninguém. O filho do empresário foi levado depois que o carro onde ele estava com a mãe - um Chrysler - , foi fechado por um Santana, onde estavam três dos seqüestradores, todos armados com pistolas semi-automáticas. O resgate foi pago no sábado e o menino foi deixado por volta das 0h30 no bairro Nova Campinas, onde a família mora. A mulher do empresário de Indaiatuba foi libertada no sábado, em São Paulo. Elizabete foi levada da sua residência depois que os marginais renderam o marido e um dos funcionários da casa.

Agencia Estado,

21 de outubro de 2001 | 16h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.