Reprodução/USGS
Reprodução/USGS

Terremoto é registrado na Guiana e abalos atingem Roraima e Amazonas

Epicentro fica a poucos quilômetros da fronteira com o Brasil; até o momento, não foram registrados danos graves ou feridos

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2021 | 19h11

Um terremoto de magnitude 5,7 foi registrado na tarde deste domingo, 31, na Guiana, segundo o serviço de pesquisa geológica dos EUA (USGS, na sigla em inglês). O epicentro do tremor fica próximo à cidade de Lethem, na fronteira com o estado de Roraima.

Moradores de Boa Vista e Manaus relataram ter sentido os abalos nesta tarde. Segundo a imprensa guianense, os tremores também foram relatados na capital Georgetown e em outras partes do país. A Comissão de Defesa Civil da Guiana (CDC) indicou que se trata de um dos mais fortes terremotos registrados no país nos últimos anos e que até o momento não recebeu notificação de danos a pessoas, porém recebeu notificação de alguns danos materiais, mas em casos isolados.

De acordo com os registros do USGS, o terremoto teria acontecido às 16h05 (horário de Brasília), 83km a sudeste de Lethem, e teria profundidade de 9,7km.

Um tremor de magnitude 6,0 e profundidade de 10km também foi registrado na Guiana na tarde de hoje pelo Centro Sismológico Europeu do Mediterrâneo (EMSC). /Com informações de EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.