Tesoureiro de banco auxiliava em assalto a clientes

Na tarde desta quarta-feira, o policial militar Uziel da Conceição de Brito, de 33 anos, passava pelo centro de Guarulhos (Grande São Paulo) quando presenciou uma tentativa de assalto. Um comerciante de 23 anos foi abordado por três homens na saída de uma agência do Bradesco, no centro da cidade. Os assaltantes exigiram do comerciante a entrega de um envelope com R$ 20 mil. Uziel, que não estava em serviço, percebeu o assalto e reagiu. Na troca de tiros com os assaltantes o policial foi baleado e morreu. O comerciante não foi atingido.De acordo com o delegado assistente da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), Douglas Dias Torres, um funcionário do banco, Renato Custódio da Silva, fornecia informações aos assaltantes sobre saques que seriam realizados na agência. Foram presos Júlio César Gomes Pereira e Leandro Neves Figueiredo. Em depoimento à polícia eles disseram que Renato havia passado as informações. A polícia foi até o banco e Renato também acabou preso. O rapaz, que trabalhava como tesoureiro e estava há quatro anos na agência, confessou a participação na tentativa de assalto. A polícia procura mais um homem que também teria participado do caso. Os assaltantes não conseguiram roubar o dinheiro da vítima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.