Teto de igreja cede e deixa 6 feridos em Vitória da Conquista

Obra passou por uma reforma há 4 meses e é difícil acreditar em acidente causado por má conservação

EFE

17 de outubro de 2009 | 06h14

Parte do teto da Paróquia Nossa Senhora de Aparecida, localizada dentro de um convento de freiras, veio abaixo, por volta das 19h30 desta sexta-feira, na cidade de Vitória da Conquista, no centro-sul da Bahia. Seis pessoas, entre elas o padre Wesdras dos Santos Silva, ficaram feridas.

 

Cerca de 250 fiéis assistiam a uma missa de sétimo dia quando a estrutura de madeira do teto começou a ruir sobre o altar. Segundo os bombeiros, só não ocorreu uma tragédia porque o desabamento, apesar de atingir 40% do teto, aconteceu do meio da igreja para a frente, atingindo apenas os primeiros bancos.

 

Com fraturas na perna direita e na clavícula, o padre foi quem sofreu os piores ferimentos. Ele segue internado e deve passar por cirurgia neste sábado. Outras cinco pessoas, entre elas uma senhora de 69 anos e um menino de 2 anos, sofreram cortes na cabeça e outros tipos de escoriações. Os feridos foram distribuídos para os hospitais São Vicente e Unimec e para o pronto-socorro existente quase em frente à paróquia, na Avenida Cuba, bairro Jurema.

 

Segundo informações apuradas pelos bombeiros, o teto da igreja passou por uma reforma há 4 meses e é difícil acreditar em acidente causado por má conservação. Não chovia nem ventava forte no momento em que a estrutura cedeu. Como o restante da estrutura ameaça cair, a igreja foi interditada. Uma perícia vai ser realizada neste sábado no local.

Tudo o que sabemos sobre:
IGREJADESABAMENTO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.