Thales será julgado pelo TJ na quarta-feira

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo deverá julgar na próxima quarta-feira a ação penal existente contra o promotor Thales Ferri Schoeld, segundo a edição do Diário da Justiça de anteontem. Schoeld é acusado de matar a tiros o estudante Diego Mendes Modanez, que tinha 20 anos, e de ferir Felipe Siqueira Cunha de Souza, na Riviera de São Lourenço, em Bertioga, no litoral paulista, em 30 de dezembro de 2004. Schoeld, que à época era promotor de Justiça substituto em Iguape, alegou ter sido acuado por um grupo de rapazes que o ameaçavam e teriam mexido com sua namorada. Desde o crime, Schoedl foi exonerado e reintegrado ao cargo por quatro vezes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.