Tia atira bebê pela janela do quinto andar do edifício

Os poucos minutos em que a mãe se afastou de sua bebê, de doismeses, para comprar leite em um mercado próximo, às 20h30 desexta-feira, foram suficientes para que a tia Manoelina deFátima Souza, de 44 anos, lançasse a criança pela janela doapartamento 53C, no quinto andar do prédio da Rua José FranciscoBrandão, 124, da Cohab de Cidade Tiradentes, na Zona Leste. Aoretornar e dar falta da filha, Cinthia dos Santos, de 21 anos,ficou desesperada e foi encontrar o cadáver de Hingrid dosSantos Sadu Gonçalves, no pátio, nos fundos do edifício.Segundo familiares, Manoelina sofre depressão profunda e tomaremédios fortíssimos. Apesar da tia estar sozinha em casa e deseu marido, Alex Sadu Gonçalves, de 25 anos, estar trabalhando,Cinthia acreditou que não haveria problema em deixar a criançadormindo no berço, enquanto se ausentava por pouco tempo.Desesperada, ao constatar a morte da bebê, ela entrou em estadode choque e foi internada no PS do Hospital Planalto, deItaquera.A saberem do fato, moradores daquele conjunto residencialtentaram invadir o apartamento e linchar Manoelina, que foisalva por policiais da 3ª Cia do 28º BPMM. No 54º DP ? CidadeTiradentes, onde foi autuada em flagrante pelo delegado EduardoHenrique Palmeira Campos, Manoelina simplesmente afirmou que amãe da criança não deveria ter deixado a janela aberta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.