Tia deixa sobrinha de quatro meses sozinha dentro de carro

Aislan de Souza, de 26 anos, foi autuada pela Polícia Civil sob acusação de abandonar a sobrinha de quatro meses, na terça-feira, 12, dentro do carro no estacionamento de um shopping center na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. O bebê foi encontrado por funcionários do shopping trancado dentro de um jipe Cherokee, que estava com o ar-condicionado ligado. Eles tentaram quebrar o vidro para tirar a menina, que estaria acordada e chorando, mas o carro seria blindado. A Polícia Militar foi chamada.Segundo testemunhas, Aislan demorou cerca de meia hora para voltar - ela estaria em uma loja de CDs e DVDs. A tia da criança foi detida e levada para a delegacia. Lá, ela disse que se separou da sobrinha por cinco minutos.A Polícia Civil informou que o período em que a criança permaneceu sozinha e o fato de Aislan ter deixado o ar-condicionado ligado não mudam a situação. Ela pagou fiança de R$ 3 mil e vai responder em liberdade. A polícia vai pedir ao shopping a fita com a gravação das imagens no estacionamento na tarde de terça. À noite, a irmã de Aislan foi buscar a filha na delegacia. Os advogados da acusada não foram localizados nesta quarta, 13.Em junho, um bebê de um ano ficou quase uma hora trancado dentro de um carro, em um shopping na zona sul do Rio. Na ocasião, um segurança ouviu o choro da criança. O menino foi retirado por bombeiros, que quebraram o vidro do carro. A mãe chegou cerca de meia hora depois.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.