Tiros por causa de uma mulher. Seis feridos e um moto

Dois homens se desentenderam por causa de uma mulher e trocaram tiros em um bar lotado, domingo, em Sorocaba. Sete pessoas foram atingidas pelas balas. Um homem, baleado na cabeça, não resistiu à gravidade do ferimento e morreu ontem no Hospital Regional. O tiroteio aconteceu por volta das 4 horas da madrugada no Jardim Betânia, zona norte da cidade, onde alguns bares oferecem música ao vivo para atrair a clientela. O estabelecimento não tinha alvará para funcionar após a meia-noite.Segundo testemunhas, dois freqüentadores teriam se desentendido por causa de uma garota. Um deles se retirou, mas voltou depois pilotando uma moto. Ele parou na frente do bar, sacou um revólver e começou a atirar, tentando atingir o rival, que estava do lado de dentro. Este teria revidado. Houve pânico e tumulto. As balas atingiram cinco adultos e dois adolescentes - um garoto de 16 anos e uma menina de 15. O rapaz levou um tiro nas costas e a garota foi atingida na coxa. As outras vítimas foram baleadas no tórax. Os feridos, socorridos por viaturas do serviço de resgate do Corpo de Bombeiros, foram levados para o pronto-socorro do Hospital Regional. A Polícia Militar deu buscas na região e chegou a deter dois suspeitos mas, horas depois, eles foram inocentados e liberados. O corpo do homem que morreu no hospital foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). Como estava sem documentos, a polícia aguardava a confirmação da identidade por familiares.Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) esperam prender hoje um suspeito de ser o atirador da moto. Há menos de um mês,um encapuzado entrou em um bar da praça Oxford, no Cerrado, lotado de freqüentadores, e descarregou dois revólveres. Um estudante levou dois tiros, mas não morreu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.