Fábio Motta/AE
Fábio Motta/AE

Tiroteio assusta moradores,para obras do PAC e mata 1 no Rio

Helicópteros sobrevoam a Favela Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, tem tiroteio; crianças são transferidas

Pedro Dantas, O Estado de S. Paulo,

22 de maio de 2009 | 11h01

Pelo menos uma pessoa morreu durante um intenso tiroteio que assustou moradores de Ipanema e Copacabana na manhã desta sexta-feira, 22. Policiais invadiram a Favela Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, por volta das 10h20 e foram recebidos a tiros. A operação é comandada pela Delegacia de Combate às Drogas e tem o apoio de dois helicópteros da Polícia Civil.

 

Os helicópteros fazem sobrevoos rasantes na favela e 300 operários do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) tiveram de parar suas atividades. As crianças que já estavam em creches estão sendo mantidas em locais considerados seguros.

 

Apesar do grande número de tiros ouvidos na região, a polícia ainda não divulgou se houve feridos ou mortos durante a operação, que continua sendo realizada.

 

Texto ampliado às 14h50 para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.