Reprodução
Reprodução

Dois morrem após ataque a tiros em condomínio de luxo no Recife

Segundo a Polícia Civil, um homem de 50 anos se matou após balear a ex-mulher, a enteada e o namorado dela, que também morreu

Redação, O Estado de S. Paulo

08 de julho de 2022 | 13h14

Duas pessoas morreram e duas ficaram feridas após um ataque a tiros em um prédio de luxo em Boa Viagem, uma área nobre do Recife, em Pernambuco, nesta sexta-feira, 8. De acordo com informações da Polícia Civil, um homem de 50 anos entrou armado no Edifício Morada dos Navegantes, baleou três pessoas e se matou. 

O homem que realizou os disparos estava em processo de separação. Ele atirou contra a ex-mulher, a filha dela e o namorado da jovem, de 28 anos, que também morreu. As duas mulheres, de 20 e de 50 anos, foram encaminhadas para o Hospital Unimed II, no centro do Recife. A polícia não informou o estado de saúde das duas, pois elas se encontram em um hospital privado. As vítimas ainda não tiveram os nomes divulgados. 

A Polícia Civil de Pernambuco informa que continua investigando o caso de homicídio, a dupla tentativa de homicídio e o suicídio. Foi instaurado inquérito policial para apurar o caso, que está sob o comando da 3ª DPH - Delegacia de Polícia de Homicídios.

Conforme a Secretaria de Saúde da capital pernambucana, por volta das 7h50 o Samu Metropolitano do Recife foi acionado para uma ocorrência de agressão por arma de fogo no condomínio.  

Dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgados em junho, indicam que houve 3.878 homicídios de mulheres em 2021. Já as notificações de feminicídio (quando ocorre o assassinato pelo fato de a vítima ser mulher), foram 1.341. 

Abaixo, a nota da Polícia Civil de Pernambuco sobre o episódio: 

A Polícia Civil de Pernambuco informa que está investigando um caso de homicídio, que vitimou um homem de 28 anos; a dupla tentativa de homicídio que vitimou duas mulheres de 20 e de 50 anos; e o suicídio do autor, um homem de 50 anos. O fato aconteceu na manhã de hoje (7), no bairro de Boa Viagem, no Recife. De acordo com informações preliminares, o homem de 50 anos não aceitava o fim do relacionamento, invadiu o prédio e efetuou disparos de arma de fogo contra as vítimas. Foi instaurado inquérito policial para apurar o caso, que está sob o comando da 3ª DPH - Delegacia de Polícia de Homicídios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.