Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Tiroteio de duas horas no Rio deixa um homem baleado

Policiais militares e traficantes do Morro da Providência, no centro, trocaram tiros durante duas horas, na madrugada de ontem, perto da estação de trem da Central do Brasil. Um homem identificado como Alan Inácio, de 24 anos, foi baleado e levado para o hospital Souza Aguiar. O confronto começou quando policiais ficaram encurralados no alto do morro. Oitenta PMs foram chamados para ocupar a favela. Durante uma incursão, foi usado o carro blindado do Batalhão de Operações Especiais (Bope), conhecido como "Caveirão". Durante o tiroteio, das 2h às 4h, era possível avistar balas que cruzavam o céu, entre barracas do mercado popular conhecido como camelódromo, que estava fechado. Inácio foi operado e continuava internado na tarde de ontem, sob custódia da PM. Segundo informação da polícia, foi apreendida com ele uma pistola calibre 7.65.

Agencia Estado,

24 de dezembro de 2003 | 14h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.