Tiroteio deixa dois policiais feridos e paralisa trens no Rio de Janeiro

Por medidas de segurança, a Supervia interrompeu circulação de trens no ramal Central do Brasil - Saracuruna

João Paulo Carvalho, estadão.com.br

08 Setembro 2011 | 21h16

SÃO PAULO - Dois policiais militares ficaram feridos durante um tiroteio na zona norte do Rio de Janeiro, perto da Favela de Manguinhos, no início da noite desta quinta-feira, 8. Os feridos foram encaminhados para o Hospital Federal de Bonsucesso. Ainda não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

Segundo informações do 22º BPM (Maré), um blindado quebrou na via e quando agentes tentavam consertá-lo, foram atacados alguns bandidos. O 22º BPM não soube informar o número de criminosos que atacaram os policiais.

Por medidas de segurança a Supervia interrompeu a circulação de trens no ramal Central do Brasil - Saracuruna (Baixada Fluminense) desde às 17h50.

As estações afetadas são Central do Brasil, Ramos, Olaria, Penha, Penha Circular, Brás de Pina, Cordovil, Parada de Lucas, Vigário Geral, Duque de Caxias, Gramacho, Campos Elíseos, Jardim Primavera e Saracuruna.

Por volta das 20h30, a SuperVia informou em nota que as operações no ramal Saracuruna foram retomadas. A circulação está restrita a uma das linhas somente entre as estações de Bonsucesso e Manguinhos.

Mais conteúdo sobre:
tiroteio Rio baleados policiais trens

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.