AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Tiroteio e explosão de granada matam três no Rio

Um tiroteio na noite de sábado, em Bonsucesso, zona norte do Rio, deixou dois mortos, feriu três pessoas e levou pânico aos motoristas que trafegavam pela Avenida dos Democráticos, a principal via do bairro. A hipótese mais provável é que tenha ocorrido uma tentativa de arrastão no trânsito. Três automóveis foram atingidos por balas. O mais alvejado foi um Palio, que recebeu 11 disparos. Neste carro viajava, no banco do carona, Anna Maria de Oliveira, de 60 anos, baleada no pescoço. Ela chegou a ser levada ao hospital Quinta D´or, mas não resistiu. O comerciante Zacarias Pinheiro de Moura, de 64 anos, que estava parado num ponto de ônibus, também morreu, atingido por um tiro na cabeça. Além da tentativa de arrastão, estão sendo investigadas as possibilidades de ter passagem de um "bonde" do tráfico pelo local ou confronto entre criminosos. Segundo o registro de ocorrência da 21ª Delegacia de Polícia, os disparos foram efetuados por "vários homens" por volta das 20h30 de sábado, na esquina da Avenida dos Democráticos com a Avenida Dom Helder Câmara. Eles seriam "oriundos da favela de Manguinhos, com destino à favela do Jacarezinho, ou vice-versa", duas localidades vizinhas de Bonsucesso.VítimasAnna Maria estava acompanhada do filho Ricardo Magalhães de Oliveira, de 26 anos, que conduzia o Palio. Ele foi atingido de raspão na cabeça e está internado no hospital Quinta D´or, mas passa bem. Segundo seu primo, André Luis de Magalhães, de 26 anos, Ricardo teria sido atingido por fragmentos da mesma bala que matou sua mãe. Os disparos teriam sido feitos por um homem que estava na garupa de uma motocicleta. A arma seria um fuzil. "Era aniversário do meu primo. Eles foram comemorar e estavam voltando para casa, no bairro de Higienópolis", contou Magalhães.Vilma Moura, a filha da segunda vítima, Zacarias Pinheiro de Moura, disse que seu pai trabalhava em Bonsucesso e, no momento em que foi baleado, esperava um ônibus para voltar para casa, em Caxambi, zona norte do Rio.O motorista de táxi Anatalicio Machado de Andrade, que dirigia um carro Siena, foi baleado no ombro e mão direitos durante o tiroteio. Claudio de Oliveira, que dirigia um automóvel Corsa, foi atingido no ombro direito e sofreu ferimentos causados por estilhaços.Mais tiroteio na Zona NorteTambém na noite de sábado, assaltantes trocaram tiros com policiais militares na Tijuca. Os bandidos assaltavam os passageiros de um fiat Stilo na Rua Bom Pastor, quando o motorista de um carro importado que vinha atrás reagiu e trocou tiros com os criminosos.Os assaltantes conseguiram fugir e seguiram para a Rua Delfina, onde assaltaram um casal de pedestre. A polícia foi avisada e surpreendeu os ladrões. Houve intensa troca de tiros no local, vários carros que estavam estacionados foram atingidos por balas. A dupla de criminosos fugiu para a favela de Indiana, próxima ao morro do Borel.No Irajá, também na zona norte, um homem morreu na madrugada de sábado com a explosão de uma granada. Gravemente ferido, Marcos Paiva da Conceição, de 29 anos, foi levado ao Hospital Getúlio Vargas, onde morreu. A Policia irá investigar o motivo do crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.