Tiroteio em escola deixa um morto e sete feridos no Rio

Um jovem morreu e outros sete ficaram feridos num ataque de traficantes contra o Colégio Estadual Abrahão Jabour, em Bangu, na zona oeste do Rio. As vítimas conversavam na porta da escola durante o intervalo das aulas, quando ocupantes de dois carros, pararam em frente à escola, saltaram e atiraram contra o grupo, por volta das 20h30 de segunda-feira, 12. Inicialmente havia a informação de que outro jovem que morreu no início da tarde desta terça-feira, 13, Edamião Oliveira de Souza, de 19 anos, também teria sido baleado no mesmo local. A confusão ocorreu porque Souza foi baleado em um tiroteio na Vila Vintém, mas foi levado por policiais militares junto com outras vítimas do ataque à escola. Thiago Oliveira Paulino, de 17 anos, foi socorrido pelo próprio pai, que mora próximo à escola. Jogador de futebol aspirante ao time do Madureira, ele não resistiu e morreu pouco depois de ser atendido no Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na zona oeste.Três rapazes permaneciam em estado grave, dois foram transferidos para outros hospitais e dois já receberam alta. A polícia realizou perícia na porta da escola. A linha mais forte de investigação aponta para uma vingança de traficantes, já que o colégio está situado em área conflagrada por uma disputa entre facções criminosas que já dura vários anos. Texto alterado às 15h15 para correção de informação. Inicialmente foi divulgado que Edamião também estaria entre as vítimas do tiroteio na escola, mas ele foi ferido na Vila Vintém.

Agencia Estado,

13 de março de 2007 | 12h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.