MARCOS ARCOVERDE/ESTADÃO
MARCOS ARCOVERDE/ESTADÃO

Tiroteio em favela do Rio deixa um morto e um ferido

Intenso confronto em casa de festas foi ouvida por moradores; população organizou protesto que fechou avenida

O Estado de S.Paulo

25 de setembro de 2017 | 02h57

RIO - Um tiroteio em uma casa de festas na Favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, deixou um morto e um ferido na noite deste domingo, 24, segundo a Polícia Civil. 

Relatos publicados nas redes sociais por moradores da região dão conta de que policiais teriam invadido o local onde havia cerca de 200 jovens, após um confronto com traficantes. Houve troca de tiros e dois suspeitos foram baleados - um deles morreu. Não há informação se as vítimas teriam ligação com tráfico de drogas. 

+++ Leia mais sobre a situação da segurança no Rio

Após o intenso tiroteio, moradores organizaram um protesto na Avenida Dom Hélder Câmara e fecharam as duas pistas, segundo o aplicativo Onde Tem Tiro (OTT-RJ). 

Mais tiroteios

Desde a sexta-feira, 22, outra favela, a da Rocinha, é alvo de operação das Forças Armadas e da Polícia Militar. O objetivo é prender traficantes ligados a Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, e Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, que disputam o tráfico local. No sábado, três suspeitos morreram, nove foram presos e pelo menos 18 fuzis foram apreendidos, além de granadas, munições e drogas.

Mais conteúdo sobre:
Polícia Civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.