Tiroteio em shopping mata um e provoca pânico

Uma suposta tentativa de assalto no Shopping Aeroclube Plaza Show, um dos maiores da capital baiana resultou na morte de um assaltante e ferimento em dois funcionários, provocando pânico entre os freqüentadores do local ontem à noite. Segundo a polícia baiana, que até manhã de hoje não havia levantado todos os detalhes do caso, Sandro Lima Pereira, de 22 anos, tentou junto com dois colegas assaltar a loja de jogos eletrônicos Magic Games, sendo morto a tiros por um vigilante.Os dois comparsas de Pereira fugiram e dois funcionários da loja - Marco Silva e Valmir Campos - saíram feridos, sendo medicados no Hospital Geral do Estado e liberados hoje. Milhares de pessoas, (a maioria jovens) estavam no shopping no momento do tiroteio. Houve correria em direção à pista da Avenida da Orla e à Praia da Boca do Rio, já que o Aeroclube localiza-se à beira-mar. Milagrosamente ninguém se feriu no tumulto.O administrador do shopping, Ewerton Visco, reconheceu que ocorreu uma "infelicidade" do vigilante que atirou dentro da loja. "O funcionário tentou resolver um problema de forma atabalhoada, para o qual ele não estava preparado", comentou. Ele informou que somente os seguranças que vigiam o estacionamento portam armas e, por essa razão, não são autorizados a entrar na parte interna do shopping. Visco disse que todos os funcionários do shopping e das lojas passarão por um treinamento intensivo para evitar que caso se repita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.