Tiroteio fere menino de 3 anos que estava em carro no Rio

Veículo no qual a criança trafegava teria sido confundido com carro de bandidos pela polícia e metralhado

Jaqueline Farid, de O Estado de S. Paulo,

06 de julho de 2008 | 22h16

Um tiroteio feriu gravemente um menino de 3 anos e assustou na noite deste domingo, 6, moradores da Tijuca, tradicional bairro de classe média da zona norte do Rio. Segundo testemunhas, o Palio Weekend no qual a criança trafegava com a mãe e um irmão teria sido confundido pela polícia com um carro de bandidos em fuga e metralhado com pelo menos 20 tiros.   Ferido na cabeça, o menino identificado apenas como João Roberto foi levado ao Hospital do Andaraí, também na zona norte, onde foi operado e, por volta das 22 horas, deixou com vida o centro cirúrgico. A mãe foi ferida de raspão e o irmão não teve ferimentos. Emocionados, parentes no hospital não quiseram dar entrevistas.   Segundo o plantão da Polícia Militar, o tiroteio ocorreu a poucas quadras da 19ª Delegacia de Polícia, na movimentada Rua General Espírito Santo Cardoso, que chegou a ser interditada. Os bandidos, que segundo a polícia foram perseguidos após o roubo de um carro na região, teriam fugido a pé para uma favela que fica nas proximidades.   Na 19ª DP, um policial que não se identificou afirmou que "ouviu dizer" que foi mesmo a polícia que metralhou o carro da família, mas ainda apurava informações.   Cercado de favelas, o antes tranqüilo bairro da Tijuca tem sido marcado pela violência. Apenas este ano, dois assassinatos chocaram os moradores. Em março, o médico Carlos Alberto Peres Miranda, de 55 anos, foi morto com dois tiros. No mesmo mês, a chefe de gabinete do reitor da Universidade Cândido Mendes, Maria Emilia Monteiro Ramos, foi assassinada com um tiro nas costas por homens que levaram seu carro, em crime que comoveu o Rio.   Texto ampliado às 23h57

Tudo o que sabemos sobre:
Rioviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.