TJ anula processo contra jornalista Arnaldo Jabor

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça concedeu hoje habeas-corpus preventivo ao jornalista Arnaldo Jabor. A decisão anulou desde a denúncia do processo instaurado contra ele na 25ª Vara Criminal da Capital, no qual é acusado de incitar "ódio e preconceito contra a religião islâmica". O processo não poderá ser reiniciado.O processo anulado foi motivado pela crônica de Arnaldo Jabor "Os terroristas querem matar o amor e a alegria", publicada na edição de 22 de outubro de 2002 de O Estado de S. Paulo. O texto enfocava atentado a bomba contra uma discoteca em Bali, atribuído a Al-Qaeda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.