TJ manda soltar quatro policiais no caso Abadía

A 10ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu liminar em pedido de habeas corpus, determinando a libertação de quatro investigadores da Polícia Civil que estavam presos sob a acusação de achacar integrantes da quadrilha do traficante colombiano Juan Carlos Ramirez Abadía. Os policiais devem responder aos processo em liberdade - eles alegam inocência. O TJ levou em conta o fato de os réus terem bons antecedentes, residência e empregos fixos, além de se comprometerem a comparecer aos atos processuais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.