TJ mantém preso empresário amigo do governador

O desembargador Camilo Léllis, da 15ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, negou ontem liminar em habeas corpus impetrado pela defesa do empresário José Carlos Cepera, preso há 11 dias.

, O Estado de S.Paulo

28 Setembro 2010 | 00h00

O pedido de liberdade foi apresentado pelo criminalista Luiz Flávio Borges D"Urso. Ontem, o advogado Alexandre Arnaut de Araújo, que defende os lobistas Maurício Manduca e Emerson de Oliveira, reagiu às acusações. "Foram checar os contratos?", indaga. "Os contratos foram aprovados pelos tribunais de contas."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.