Todo o Sul em estado de alerta. Precaução contra o frio

Alertas da Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, foram enviados hoje às defesas civis do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul a fim de prevenir contra o frio e a ocorrência de geadas intensas a partir de sábado (10). A recomendação é que, especialmente no domingo (11) e na segunda-feira (12), os moradores de rua recebam abrigo contra as baixas temperaturas e que os agricultores protejam as plantações do congelamento.Amanhã, a passagem de uma frente fria pelo Rio Grande do Sul deverá causar, no litoral gaúcho, chuva com raios e rajadas de vento de até 70 quilômetros por hora. Essa mesma previsão de temporais isolados vale para a costa de Santa Catarina, entre a noite de sexta-feira e a manhã de sábado. Durante o dia de sábado, o alerta é para os moradores do Paraná que estiverem próximos ao oceano. Conforme a Escala Beaufort (que auxilia na estimativa da velocidade do vento), ventos de 70 quilômetros por hora agitam árvores inteiras e causam resistência aos pedestres.A previsão da meteorologista da Sedec, Cristina Lourenço, é de que nas madrugadas de domingo e segunda-feira, em SantaCatarina e no Rio Grande do Sul, o frio deverá ser intenso, com temperaturas negativas. O prognóstico vale especialmente para o planalto-sul e o meio-oeste catarinenses e a região serrana gaúcha, onde os termômetros poderão marcar até 6 graus abaixo de zero (- 6ºC). A partir de sábado e até as primeiras horas do dia 12, o risco é de geada de forte intensidade nos dois estados.No Paraná, as áreas mais sujeitas às temperaturas negativas serão as regiões sul e central, mas todo o estado deveráenfrentar frio intenso. A previsão é de que ocorram geadas, na madrugada de domingo, no sul e sudoeste paranaenses e, nasprimeiras horas de segunda-feira, essa possibilidade valerá para todo o Paraná. As águas do litoral da Região Sul, a partir de amanhã, estarão agitadas, com ondas que poderão variar dos 3 metros aos 4 m. A Sedec desaconselha o lazer e a pesca no mar. As condições serão mais adversas entre a tarde de sábado e a noite de domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.