Tombamento do Parque do Trote será votado

A pressão do setor imobiliário fará o Conpresp antecipar a votação de um processo de 2004: o tombamento da antiga sede da Sociedade Paulista do Trote, na zona norte da cidade, e a restrição à altura dos prédios na vizinhança. ''''Há empreendimentos grandes no entorno'''', diz José de Assis Lefèvre, presidente do Conpresp. ''''E não é apenas a questão histórica, mas também a área verde, que não pode ser afogada'''', afirma.Lefèvre acredita que o tombamento deverá ser decidido nos próximos meses, pois as primeiras reuniões, segundo ele, serão usadas para dar ciência aos novos conselheiros da situação do patrimônio.A Sociedade Paulista do Trote foi fundada em 1944. Na gestão de Jânio Quadros (1986-1989), começou a ser discutida a desapropriação do terreno para transformá-lo em um parque público, o que só ocorreu em 2005, com o Parque do Trote. O mapa da região atingida pela decisão está no site do conselho (www.conpresp.sp.gov.br).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.