Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Total de mortos na região serrana do Rio chega a 837

Nova Friburgo tem 404 vítimas; pessoas fora de casa já passam de 25 mil e 500 seguem desaparecidos

Pedro Dantas, O Estado de S. Paulo

27 de janeiro de 2011 | 11h15

RIO - A Polícia Civil informou nesta quinta-feira, 27, que chegou a 837 o número de mortos na região serrana do Rio de Janeiro por causa das chuvas. São 404 mortos em Nova Friburgo, 340 em Teresópolis, 67 em Itaipava (distrito de Petrópolis), 21 em Sumidouro, 4 em São José do Vale do Rio Preto e 1 em Bom Jardim.

O número de desalojados (aqueles que podem contar a ajuda de vizinhos e familiares) chega a 24.034 e o de desabrigados (aqueles que perderam tudo e precisam de abrigos públicos) é de 1.926.

 

A quantidade de pessoas desaparecidas continua na casa dos 500, segundo levantamento de ontem à noite do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ). O registro de desaparecimento de familiares ou conhecidos também pode ser feito por meio de formulário (https://piv.mp.rj.gov.br/piv/index.htm), disponível no site da entidade, ou pelos telefones (21) 2283-6466, 2283-6460, 2283-5674, 2283-6489 e 2283-6498.

 

Até as 20h30 de ontem, estavam desaparecidos 239 pessoas em Teresópolis; 170 em Nova Friburgo; 61 em Petrópolis (incluindo o distrito de Itaipava); 3 em Sumidouro; 2 em Bom Jardim; e 1 em São José do Vale do Rio Preto. Outras 43 pessoas estão desaparecidas, mas os locais onde sumiram não foram informados.

 

A lista do Programa de Identificação de Vítimas (PIV) com os nomes também pode ser vista no site da entidade e outras informações podem ser obtidas nos postos distribuidos na região afetada.

 

Na cidade, o posto funciona na Praça Luís de Camões s/nº, Centro. O posto friburguense do PIV fica na Praça Demerval Barbosa s/nº, Centro. Em Petrópolis, a unidade está localizada na Coordenação do Centro Regional, na Rua Marechal Deodoro 88, no Centro. O MP-RJ também montou um posto de atendimento avançado na Sala do MP no Fórum do Distrito de Itaipava, na Estrada União Indústria s/nº, ao lado do Corpo de Bombeiros. Os postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

  

Sul. As chuvas também afetam a Região Sul do País. Em Santa Catarina subiu para 60 o total de cidades em estado de emergência, de acordo com a Defesa Civil estadual. Cinco pessoas morreram em decorrência de deslizamentos de terra e enchentes. Foram três na capital Florianópolis, uma em Jaraguá do Sul e outra em Massaranduba, no norte do Estado.

 

(Com Ricardo Valota, da Central de Notícias)

 

Atualizado às 14h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.