Trabalhador é soterrado em poço

Ednaldo José da Silva, 30 anos, foi soterrado, ontem, enquanto trabalhava no aprofundamento de um poço artesiano numa chácara em Aldeia, no município metropolitano do Cabo (PE). O Corpo de Bombeiros tentou montar uma operação especial para salvar o trabalhador mas, sem equipamento adequado para a situação, ainda não havia conseguido fazer o resgate até o final da manhã de hoje. O assessor de comunicação da corporação, major Maviael Reimine, afirmou que não há mais esperança de encontrar o trabalhador vivo.O poço, de quase 50 metros, de profundidade oferecia risco, e Ednaldo não tinha experiência no assunto. A mulher dele, Lindalva Josefa, grávida e com um filho pequeno, disse que o marido nunca tinha trabalhado anteriormente na perfuração ou recuperação de poços, mas aceitou o trabalho para garantir alimento para a família. Antes dele, outras pessoas haviam rejeitado o serviço, devido às precárias condições do poço.Luiz Gomes de Moura, responsável pela contratação do serviço, não quis falar à imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.