Tráfego intenso gera 20 quilômetros de lentidão na Régis

Índice de morosidade na região tem oscilado entre 15 e 20 quilômetros desde o começo da manhã

Elvis Pereira, da Agência Estado,

22 de dezembro de 2007 | 12h52

O tráfego intenso nas rodovias Régis Bittencourt e Fernão Dias gerava dois pontos de congestionamento por volta das 12h30 deste sábado, 22. Na primeira, havia engarrafamento entre os km 318 e 338, em Juquitiba, no interior do Estado, no sentido Paraná. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o índice de morosidade na região tem oscilado entre 15 e 20 quilômetros desde o começo da manhã, quando aumentou o movimento na estrada. Na Fernão, eram registrados dois quilômetros de tráfego parado na cidade paulista de Vargem, no sentido de Minas Gerais. O motivo era a ocorrência de pequenos acidentes no trecho ao longo da manhã.  O motorista que seguia pela Presidente Dutra também enfrentava lentidão entre os km 90 e 87, em Pindamonhangaba, no sentido Rio de Janeiro. Já no Sistema Anchieta-Imigrantes, o tráfego era normal, sem pontos de parada. Litoral De zero hora de quinta-feira, 20, ao meio-dia deste sábado, 22, 134 mil veículos atravessaram o sistema rumo à Baixada Santista, sendo 5 mil deles na última hora. No começo desta tarde, o sistema funcionava no esquema 5 por cinco - as pistas sul da Anchieta e da Imigrantes recebiam o tráfego do sentido litoral, e as pistas norte das duas vias, do sentido da capital paulista. No Rodoanel Mário Covas e nas rodovias Ayrton Senna, Anhangüera, Bandeirantes, Castello Branco e Raposo Tavares o fluxo de veículos era tranqüilo.

Tudo o que sabemos sobre:
trânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.