Tráfego normal nas principais estradas de São Paulo

O tráfego nas principais estradas de São Paulo flui bem esta manhã, de acordo com a Polícia Rodoviária e com as concessionárias que administram as rodovias. É um bom momento para os motoristas que desejam iniciar viagem para o litoral ou para o interior do Estado, com tempo bom e excelentes condições de visibilidade.No Sistema Anchieta-Imigrantes, o movimento em direção à Baixada Santista se intensificou nas últimas horas, mas não há pontos de congestionamento ao longo das duas estradas. Segundo a Ecovias, responsável pelo sistema, está em vigor o esquema 5X5, com a descida acontecendo pela pistas sul da Via Anchieta e pela nova Imigrantes. O retorno à capital é feito pelas pista norte da Anchieta e pela antiga Imigrantes.Desde zero hora de ontem, quando teve início a contagem para o feriado, já desceram rumo às praias 97 mil veículos. A previsão é de que deverão circular pelas duas rodovias neste fim de ano entre 480 mil e 610 mil carros. O movimento maior, no entanto, está sendo esperado para amanhã, à tarde. A única ocorrência registrada até o momento no sistema foi por volta das 6 horas. Um caminhão perdeu o controle, se chocou contra uma carreta e acabou tombando na altura do quilômetro 22,5 da antiga Rodovia dos Imigrantes. Não houve vítimas e também não foi registrada lentidão no local. Apenas uma faixa ficou interditada.Fernão DiasA Polícia Rodoviária Federal registrou um grave acidente, no início da manhã desta quarta-feira, na Rodovia Fernão Dias. O acidente ocorreu, por volta das 6h20, na altura do quilômetro 10,5, região de Vargem Grande Paulista. Um Kadett que seguia no sentido Belo Horizonte-São Paulo perdeu o controle, invadiu a pista contrária e se chocou de frente contra um Gol. Uma pessoa, ainda não identificada, morreu e outras quatro ficaram gravemente feridas e foram levadas para hospitais da região. Conforme a Polícia Rodoviária Federal, apesar do acidente, os veículos foram rapidamente removidos para o acostamento e não houve lentidão no local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.