Traficante brasileiro foragido é preso no Paraguai

As autoridades antidrogas do Paraguai prenderam o traficante Arnaldo Moreira, foragido da justiçabrasileira, em uma luxuosa residência de uma cidade vizinha a Assunção, informaram fontes oficiais, no sábado, 24.No momento de sua prisão, Moreira apresentou a identidade falsa de Ronaldo Alvez dos Santos, empresário paraguaio supostamente ligado à pecuária, disse à EFE o promotor Arnaldo Giuzzio, que participou da operação."Sobre ele (Moreira) pesa uma ordem de prisão internacional de 2006 para cumprir uma condenação no Brasil por um caso de tráfico de entorpecentes, segundo os dados fornecidos pela Embaixada brasileira no Paraguai", disse Giuzzio, que acrescentou que o detido tinhafugido de uma prisão brasileira.Por sua vez, o diretor da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad), Hugo Castor Ibarra, disse que Moreira, além de se dedicar ao narcotráfico, "mantinha atividades empresariais diversas" no Paraguai.Os dados preliminares da investigação indicam que o detido reside em território paraguaio há 12 anos e, segundo se especula, estaria ligado ao também brasileiro Ivan Mendes Mesquita, preso há dois anos no Paraguai e extraditado em 2005 aos Estados Unidos.Mendes Mesquita foi detido em novembro de 2004 com de 262 quilos de cocaína em uma pequena cidade do norte do Paraguai.A captura de Moreira ocorreu em uma luxuosa residência em Luque, nas imediações do Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi. Posteriormente, o criminoso foi levado até a Senad, onde permanecerá detido até que a Justiça brasileira solicite sua extradição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.