Traficante Magno da Mangueira é preso durante blitz da PF

Uma blitz da Polícia Federal na Rodovia Niterói-Manilha resultou ontem na prisão do traficante Magno Soeiro de Souza, o Magno da Mangueira. Ele estava em um carro com placa clonada, acompanhado por duas pessoas, e foi flagrado pelos policiais com um quilo de cocaína. Condenado, Magno estaria em liberdade condicional. A PF não forneceu detalhes sobre a operação.Em junho de 2002, Magno foi apontado como um dos principais alvos de uma operação de resgate no presídio Bangu 3, planejada por integrantes da facção criminosa Comando Vermelho, pela qual cinco pessoas foram presas. Os criminosos, pertencentes à quadrilha de Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, usariam um lança-granadas para abrir um buraco em um dos muros do presídio. Ao mesmo tempo, um segundo grupo invadiria o Morro dos Macacos para desviar a atenção da polícia.Em outubro do mesmo ano, em uma ação planejada na Favela da Rocinha, em São Conrado, zona sul, criminosos armados de fuzis foram repelidos por policiais militares quando tentavam invadir o Bangu 3. Eles pretendiam usar explosivo plástico C-4 para resgatar um grupo de traficantes presos. Mais uma vez, Magno da Mangueira seria um dos alvos. Na mesma noite, houve uma série de ataques em diferentes pontos da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.