Traficante morre em troca de tiros com a polícia no Rio

O traficante conhecido como ET, chefe do tráfico no Morro do Mickey, em Niterói, morreu, na madrugada deste sábado, durante troca de tiros com policiais militares do Grupamento Especial Tático-Móvel (Getam).O comandante do Batalhão de Niterói, tenente-coronel Marcus Jardim, afirmou que os soldados apreenderam com o traficante uma pistola PT 380. Baleado, ET foi levado para o Hospital Antônio Pedro, onde morreu.O comandante negou que traficantes da Favela Vila dos Pinheiros, no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro, invadiram o morro em vários carros e assassinaram ET. "Não houve nada disso. Ele ofereceu resistência (aos policiais) e foi atingido por disparos", afirmou Jardim.TiroteioOutro traficante, Eduardo Silva Costa, de 23 anos, foi baleado no tórax e na coxa, na manhã de sexta-feira, durante tiroteio entre traficantes rivais do Morro da Mineira e do Morro de São Carlos, no Centro do Rio.De acordo com a Polícia Militar, Eduardo saía de um baile funk, realizado na Praça Doutor Roberto, no Morro da Mineira, quando foi atingida por dois disparos.Costa foi levado para o Hospital Souza Aguiar e, até o início da tarde, seu estado de saúde era grave. As duas comunidades são vizinhas e controladas por facções criminosas rivais, que disputam o controle do tráfico de drogas na região.Esta matéria foi atualizada às 13h58 para acréscimo de informações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.