Traficante procurado há 9 anos é morto em confronto no Rio

Atuante em Duque de Caxias, 'Di Vidro' saiu da prisão em regime semiaberto e não voltou mais em 2001

Pedro da Rocha, Central de Notícias

29 Novembro 2010 | 19h20

SÃO PAULO - Foi morto no domingo, em confronto com a polícia, o traficante Luiz Carlos Nesse José, conhecido como Di Vidro, segundo a assessoria da Polícia Militar do Rio informou nesta segunda-feira, 29. Ele foi baleado durante a ocupação do Complexo do Alemão, na zona norte, e chegou a ser levado ao Hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

A PM informou que Luiz era um dos traficantes mais procurados do Estado. Segundo o disque-denúncia, haviam quatro mandados de prisão contra ele, por roubo e homicídio de um policial. Ele atuava na região de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense

 

Di Vidro permaneceu preso entre 1998 e 2001, quando recebeu o benefício do regime semiaberto, saiu e não voltou mais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.