Traficante usava filhas na distribuição de drogas em Santo André

A traficante Luzinete Alves Riqueza, de 24 anos, foi presa, na noite de ontem, em Santo André, na Grande São Paulo, sob a acusação de distribuir droga no bairro de Sacadura Cabral; e, para isso, usava duas crianças, suas próprias filhas, de 8 e 12 anos. Policiais militares do 10º Batalhão receberam uma denúncia anônima e foram até a Rua Luis de Camões, na Favela Sacadura Cabral, onde encontraram, na mochila da menina de 8 anos, 125 gramas de maconha. A menina disse aos policiais que a mãe dela a obrigava a esconder e ajudar na distribuição do entorpecente. Além das meninas, Luzinete tinha também o auxílio de uma colega, Maria Pranchedes, de 37 anos, que foi presa pelos policiais dentro da favela.Agentes do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) localizaram Luzinete no bairro da Liberdade, região central da cidade de São Paulo. Segundo ainda a polícia, Maria Pranchedes é responsável pelo envio de drogas para os detentos do Presídio de Pacaembu, interior do Estado, onde o marido dela está preso. As crianças foram entregues ao Conselho Tutelar e as traficantes, encaminhadas ao 04º Distrito Policia de Santo André.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.