Traficantes atacam policiais no Rio de Janeiro

Traficantes voltaram a atacar policiais na madrugada de ontem no Rio de Janeiro. Pouco depois da meia-noite, um inspetor da Coordenação de Operações Especiais (Core), que não quis se identificar, reagiu a um assalto no Rio Comprido, na zona Norte, trocando tiros com os bandidos. Houve pânico das pessoas que passavam pela rua, mas só dois assaltantes ficaram feridos. Horas mais tarde, na Linha Amarela, na altura da Cidade de Deus, em Jacarepaguá, três carros do Grupamento Especial Tático Móvel (Getam) da Polícia Militar foram atacados. O soldado Júlio César de Paulo levou um tiro de raspão no braço e um adolescente de 16 anos, cujo nome não foi revelado, foi atingido na virilha. Os dois foram levados para o Hospital Lourenço Jorge, na zona Norte. O soldado foi liberado e o rapaz ficou internado, mas seu estado não é grave.Perto dali, na noite de quinta-feira passada, bandidos haviam atirado em carros da PM do alto de uma das passarelas. Ninguém ficou ferido na ocasião.Veja o especial:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.