Traficantes compravam drogas na Praça da Sé

Dois traficantes de crack foram presos no município de Mairiporã, na Grande São Paulo. Os patrulheiros suspeitaram dos dois ocupantes de uma Brasília branca, que trafegava no bairro de Terra Preta. A suspeita se confirmou quando os policiais perceberam que o motorista acelerou o veículo, tentando fugir. Depois de breve perseguição, o carro foi inerceptado. Ao revistar Dernival Henrique Simões, de 27 anos, e Waldenir Félix da Silva, de 24 anos, foram encontradas quatro pedras de crack. No veículo, que ficou apreendido na delegacia de Mairiporã, foram achadas duas outras pedras grandes que, segundo os próprios traficantes podem ser transformadas em 40 pedras menores para serem consumidas por viciados.Quanto à droga, eles admitiram que foi comprada na Praça da Sé, de onde estavam retornando ao serem abordados pela polícia. É lá que costumam buscar as pedras de crack para revender na região de Mairiporã. As informações obtidas durante o interrogatório deverão ser repassadas a agentes do Denarc para que possam diligenciar, na tentativa de apanhar os fornecedores dessa dupla e outros traficantes que agem no centro da cidade.Como a delegacia local não tem delegado no plantão noturno, eles foram levados a Franco da Rocha, onde foram autuados em flagrante e removidos para a cadeia pública de Francisco Morato. Durante o interrogatório confessaram que compram a droga na Praça da Sé, no centro da capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.