Traficantes deixam granada em táxi no Rio

Uma granada FMK-2, de fabricação argentina, foi esquecida na madrugada deste domingo no banco traseiro de um táxi, no bairro do Leblon, zona sul do Rio. O motorista Osmar Luis Machado, de 35 anos, levou dois sustos seguidos depois de deixar um passageiro no Morro do Vidigal.Abordado por dois traficantes, fortemente armados, foi obrigado a seguir com seu Vectra até a Avenida Niemeyer, onde os criminosos saltaram do veículo. Em seguida, notou o objeto estranho no banco de trás.Ao perceber que conduzia uma granada, ele entrou em pânico e pediu ajuda a policiais militares, em frente ao Clube Monte Líbano. Seu carro foi isolado e o Esquadrão Anti-Bombas da Polícia Civil não demorou a chegar ao local.O artefato então foi levado para a Polícia. De acordo com peritos do esquadrão, Osmar Machado não sobreviveria a uma eventual explosão da granada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.