Traficantes e seus seguranças presos em favela da zona sul de SP

Quatro homens foram presos, na madrugada desta segunda-feira, por policiais da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), sob a acusação de fazerem parte de quadrilha de traficantes que age na Favela dos Pilões, na região de Heliópolis, na zona sul de São Paulo. Além de maconha e cocaína, foram encontrados com os presos dois revólveres de calibre 38, dinheiro que pode ser resultante da venda de drogas e rádios comunicadores.O primeiro a ser abordado por patrulheiros da Rota foi Francisco Moreira Luzia, de 21 anos. Ele estava com a arma e os policiais concluíram que fazia a segurança do ponto de venda de drogas. Por intermédio dele, chegaram a Flávio Ferreira de Santana, de 19 anos, e Marcos da Silva, de 30. Eles estavam com a droga e a quantia, em dinheiro, de R$ 700. Durante a operação, quando Diego Leite Moreira Luzia, de 22 anos, outro segurança do bando, estranhou que não respondiam a seus chamados pelo rádio comunicador. Ele também estava armado com um revólver de calibre 38, mas não reagiu, ao receber voz de prisão. Duas outras pessoas foram detidas e levadas ao 95º Distrito Policial, de Heliópolis, para averiguação, mas seriam usuárias de drogas, que foram buscar entorpecentes para o próprio consumo. Foram arroladas como testemunhas contra os traficantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.