Traficantes fazem motim no Rio

O setor de relações públicas da Polícia Militar informou que quatro traficantes iniciaram um motim numa das celas do Batalhão de Choque, na tarde desta terça-feira, porque o comandante da corporação teria se negado a atender a uma reivindicação do grupo. Os criminosos apelidados de Mighty Thor, Chapolim, Marcinho VP e Márcio Gigante teriam decidido, em represália, destruir a câmera que os monitora 24 horas por dia. Como não alcançaram o equipamento, iniciaram a destruição da cela.A polícia interveio, mas o grupo tentou obstruir a passagem dos PMs. Foram disparados tiros com munição de controle e uma granada de efeito moral. Os quatro criminosos foram retirados da cela, que está sendo revistada. Eles voltarão para o cubículo e serão indiciados por danos ao patrimônio público. Não há informações sobre feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.