Tráfico de drogas é novo problema para os mutuários

Em outubro de 2010, a Polícia Civil localizou no Residencial Nova Conceição, em um dos apartamentos, um pequeno depósito de armas, além de apreender pequenas quantidades de drogas com três moradores. Eles foram detidos e liberados pouco depois.

Tiago Décimo, O Estado de S.Paulo

22 de janeiro de 2011 | 00h00

''O pessoal veio de outros bairros, onde fazia determinadas coisas (ilegais), e continua fazendo aqui'', resume o presidente da Associação de Moradores, Edson Santos Marques, de 27 anos. ''Muita gente anda armada por aqui. À noite, é difícil sair de casa. O parquinho das crianças vira ponto de (tráfico de) drogas'', confidencia uma moradora que pediu o anonimato. Os moradores tentaram contratar uma empresa legalizada de segurança para tomar conta da portaria. A vigilância durou menos de um mês. ''Ficou caro para a maioria'', lembra o presidente da associação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.