Tráfico é a maior ameaça para a população, diz pesquisa

O tráfico de drogas é a forma de violência que mais ameaça a população, segundo pesquisa CNT/Sensus divulgada hoje. Este problema, que em fevereiro ocupava o segundo lugar na preocupação da população, com 27,5% das citações, passou para o topo da lista, com 32,7%, enquanto o medo de assalto em casa ou na rua desceu para a segunda colocação, com as respostas caindo de 29,6% para 28,6%. O diretor do instituto Sensus, Ricardo Guedes, avaliou que o crescimento deve-se principalmente à divulgação dos ataques de traficantes à população e à polícia do Rio de Janeiro. Na avaliação dos entrevistados, o tráfico é a segunda maior causa de violência (29,3%), ficando atrás do desemprego, citado por 31,8% dos entrevistados, e da miséria, apontada por 15,9%. A falta de autoridade dos governantes e a corrupção são consideradas por 20,2% dos entrevistados. Para 84,2% dos entrevistados, a violência piorou nos últimos seis meses. Apesar disso, o número de pessoas que consideram sua cidade violenta caiu de 32,5% em julho de 2002 para 29,7% , e os que consideram sua cidade pouco ou nada violenta subiu de 39,9% para 42%, o que reforça a tese de que aumentou a percepção da violência mesmo entre os que não estão sendo afetados diretamente por ela. Veja o especial:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.