Tragédia da TAM faz 2 anos

A tragédia com o voo 3054 da TAM - o choque do Airbus A320 com um prédio da empresa, que matou 199 pessoas - completa hoje dois anos, ainda sem definição de como (e quando) será recuperada a área do acidente, ao lado do Aeroporto de Congonhas. O governo municipal ainda espera, na Justiça, a emissão dos direitos de posse sobre quatro casas e um terreno. A Secretaria de Governo analisa pelo menos dois projetos para dar uso ao local - uma praça e um memorial. Quanto à investigação, a Afavitam, associação de familiares das vítimas do acidente, vai pedir ao procurador da República Rodrigo de Grandis mais agilidade nas investigações da tragédia - ainda não concluídas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.