Tragédia merece resposta "coordenada e eficaz", diz FHC

Em nota divulgada no início da noite de hoje pela Secretaria de Imprensa do Palácio do Planalto, o presidente Fernando Henrique Cardoso promete reforçar o apoio que vem dando aos Estados nas ações de combate à violência. O presidente destaca que o assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel, "não requer apenas solidariedade, mas uma resposta coordenada e eficaz" que assegure a punição dos responsáveis. Defende ainda a união de todos pela paz e contra a violência".A seguir, a íntegra da nota: "O presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, sente-se consternado e indignado. O bárbaro crime no qual foi vítima o prefeito de Santo André, Celso Daniel, requer não apenas solidariedade e pêsames, os mais sentidos, à família e à cidade de Santo André, como uma resposta coordenada e eficaz que leve à cadeia os responsáveis pela morte do prefeito. O apoio que o governo federal vem dando aos estados através do Ministério da Justiça será reforçado. O presidente da República tem reunião marcada, amanhã, com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, para ouvir suas sugestões e tomar decisões pertinentes. O grau de violência e arrogância dos assaltos e seqüestro requer uma ação enérgica de todos. Acima de partidos, crenças e posições sociais, é preciso a união de todos pela paz e contra a violência".

Agencia Estado,

20 de janeiro de 2002 | 18h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.