Tragédia no Lago de Sobradinho: cinco mortos

Cinco pessoas morreram no naufrágio de uma embarcação no Lago de Sobradinho, entre os municípios de Sento Sé e Remanso, no Norte da Bahia. As vítimas viajavam para passar os festejos de virada do ano com os parentes. Até o início da tarde de ontem, apenas um corpo, de Raildes Bacelar, 30 anos, havia sido localizado pela polícia.Segundo apurações iniciais da polícia, a partir do depoimento de testemunhas, o barco teria virado por excesso de peso. Havia 13 pessoas a bordo, mais oito bois. A festa de réveillon seria uma vaquejada, mas o esforço para transportar o gado terminou sendo fatal para grande parte do grupo.Os sobreviventes contaram à polícia que iriam também comercializar frutas na feira livre de Sento Sé. Como o transporte de bois é comum na região e havia equipamentos de socorro náutico, eles não levaram em conta a possibilidade de o gado se movimentar e desestabilizar a embarcação, hipótese que está sendo investigada como provável causadora da tragédia.O acidente ocorreu próximo à ilha da Andorinha, meia hora depois de o barco ter saído do atracadouro. As oito pessoas sobreviventes nadaram durante cerca de 15 minutos até a ilha, onde foram resgatadas por pescadores. Policiais, voluntários emergulhadores participam da operação de resgate dos corpos das vítimas.Além de Railde, cujo corpo já foi encontrado, os desaparecidos são dados como mortos pela polícia: o casal Luiz e Marizetedos Santos Marques, Irani Teodoro Elias e Samara Café dos Santos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.