Transbordamento de tanque contaminou a represa Billings

A extensão da mancha de óleo na represa Billings, que abastece de água a região do ABCD, na Grande São Paulo, é de 300 a 400 metros por 3 metros de largura, informou a Cetesb. O vazamento foi causado pelo transbordamento de um tanque subterrâneo que armazena óleo em um terreno desocupado. O tanque pode ter transbordado devido às chuvas.Técnicos da Petrobras e da Cetesb instalaram barreiras de contenção para impedir que o óleo chegasse à área onde a água é captada. Por precaução, a captação está sendo realizada a uma profundidade superior a seis metros. A Sabesp e a Cetesb informaram que não há risco de desabastecimento.A contaminação ocorreu na noite de ontem, na altura do km 29 da Estrada velha de Santos, próximo ao Riacho Grande, em São Bernardo do Campo. Em vôo sobre a represa Billings, técnicos da Cetesb e da Petrobras verificaram que outros pontos não foram atingidos.Dois caminhões-vácuo estão sendo utilizados para fazer o esvaziamento do tanque suspeito de ter causado a contaminação. Nas margens da represa a vegetação atingida está sendo removida. Não foi observada a mortandade de peixes ou de outros animais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.