Transferência de pontos

Carta 19.341O Detran não transferiu os pontos da minha carteira de habilitação, como pedi, para a CNH de meu marido, que levou três multas de rodízio ao dirigir o meu carro. Quando isso acontece, ele sempre transfere os pontos para a sua CNH no prazo, mas ao consultar os meus pontos observei que o Detran não fez a transferência e eles continuam na minha CNH. Preciso do carro para trabalhar, como faço para transferir os pontos para a carteira dele?EDDA SIGNE MÖBUSCampo GrandeO Detran/SP responde:"No caso de transferência de pontuação, a indicação deve ser enviada ao órgão autuador no prazo que consta na notificação. Decorrido o prazo, a pontuação é inserida no prontuário do dono do veículo e não pode mais ser transferida. Quem tem de receber a indicação do condutor e inserir os pontos na CNH do infrator é o órgão que autuou (CET/DSV), que multa quando o rodízio é desrespeitado. O Detran não é órgão autuador, assim sugerimos que a queixa seja encaminhada à CET."Enviamos a carta à CET no dia 13/11, sem resposta. A Rua Antônio Ramos Rosa, perto da EE Rev. Jacques Orlando D?Ávila, precisa de semáforo.LUIZ CARLOS SOARESSanto Amaro A CET responde:"Há projeto para instalar semáforo, placa Proibido Estacionar, faixa de pedestres e linha de retenção antes do sinal no cruzamento da Av. Fim de Semana com Antônio Ramos Rosa."Carta 19.342Sem luz dentro do túnelPedi socorro há um mês (carta de 23/11) pelo telefone do Ligue Luz da Prefeitura, pedindo o restabelecimento urgente da iluminação na passagem para o Minhocão sob a Pça Roosevelt. É uma sensação macabra ficar parado no engarrafamento dentro da passagem escura. O risco de acidente ou assalto fica triplicado; 20 dias depois liguei de novo e, para minha surpresa, soube que todo o cabeamento de iluminação do túnel fora furtado e que o Ilume fez BO numa delegacia. Não quero saber de BO, como todo usuário quero é luz dentro do túnel. Nem disseram quando é que a iluminação será restabelecida. Estamos no fim do mundo - ou melhor, no fim do túnel!MARCOS CAVALCANTI BOLOGNANISantanaA Secret. Serviços responde:"Uma equipe do Ilume esteve no local e constatou o roubo dos cabos. Após o registro do BO, recolocamos 240 m de cabos subterrâneos na ligação leste-oeste, 144 m no Elevado e 70 m na Rua 14 de Julho."Carta 19.343Oscilação de energiaTenho um pequeno sítio em São Pedro (SP), bairro Santo Antônio, há cinco anos. A duras penas fiz alguns investimentos para tornar o sítio habitável e tirar dele pelo menos as despesas, mas o transformador que serve o sítio começou a ter oscilação de energia, com a conseqüente queima de bombas de água (poço semi-artesiano e bomba de superfície) desde o final de setembro. Liguei para a CPFL e disseram que em uma hora receberíamos a visita de um técnico. E em menos de uma hora ele estava lá! Disse que precisava aumentar a carga do transformador, pediu informações sobre o consumo e foi embora. Enviamos as informações pedidas imediatamente, e em 1/10 enviaram outro técnico, que disse ser preciso trocar o transformador, porque ele era muito antigo e não suportaria o aumento de carga. Marcaram a troca para o dia 10 mas não cumpriram (já tenho 6 ligações protocoladas no Atendimento, 3 na Ouvidoria e 2 e-mails). Perdi três bombas de poço por queima do painel eletrônico e inúmeras lâmpadas. Tenho de comprar água para abastecer o sítio (R$ 300 por semana) e ração para as vacas de leite (antes eu fazia a ração no sítio). E não sei mais a quem recorrer.NADRA WAGIH KALLASAlto da LapaA CPFL Paulista responde:"Atendemos o cliente prontamente todas as vezes em que ele nos chamou. Segundo a Resolução 456/00 da Aneel, é obrigação do consumidor informar à concessionária de energia elétrica quando houver aumento da carga instalada. Atualmente, a rede está dimensionada para atender às necessidades do cliente, mas para não haver dúvidas, instalamos equipamento para monitorar o nível de tensão no ramal de entrada do imóvel. Em vistoria, os técnicos verificaram que as instalações elétricas estavam inadequadas, e nós o domo no sítio a refazê-las dentro dos padrões da Associação Brasileira de Normas Técnicas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.